Cascais: A capital do concelho que poderia ser uma das capitais do Mundo

43

Às portas de Lisboa, capital de Portugal, encontra-se a famosa e icónica vila de Cascais.

Conhecida principalmente pela magnifica vista que oferece e pelas imensas praias que a circundam, a capital deste nosso concelho tem muito mais para oferecer.

Nesta altura de Verão e de férias que a maior parte dos portugueses vivem, é quase “obrigatória” uma passagem pelas famosas ruas desta localidade muito peculiar.

Por isso, o “Notícias de Cascais” apresenta-lhe uma lista com os locais mais interessantes de Cascais para “abrir o apetite” dos nossos leitores.

Começamos por aquilo que salta mais à vista dos turistas e dos habitantes de Cascais: as famosas praias.

Os dois areais mais conhecidos em Cascais são a Praia do Tamariz (já na periferia da localidade, perto do Estoril) e a pequena Praia da Rainha; há ainda a famosa Praia do Guincho, mas fica mais afastada do centro da vila.

A fazer forte concorrências às praias temos os monumentos/museus, todos muito famosos e visitados por inúmeras pessoas.

Cascais até tem um local chamado Bairro dos Museus, onde as principais atrações são o Farol Museu de Santa Marta, o Forte São João de Oitavos, Palácio dos Condes de Castro Guimarães, Parque Marechal Carmona, Casa das Histórias Paula Rego, Museu do Mar Rei D. Carlos I, Igreja da Nossa Senhora da Assunção, Centro Cultural de Cascais, Cidadela de Cascais, Fortaleza da Nossa Senhora da Luz e Parque Palmela.

Para além das praias e dos monumentos/museus, Cascais tem mais ofertas culturais para os seus visitantes, como o Património Arqueológico, onde se destaca a Villa Romana dos Casais Velhos, e as Fortificações Marítimas, sendo as mais interessantes as Bases da Muralha, a Bateria Alta, as Cortinas de Atiradores, o Forte de Crismina, o Forte de Nossa Senhora da Guia e o Forte de Santa Marta.

A vila de Cascais também serviu de local de férias de condes e figuras da realeza, nomeadamente nos séculos XIX e XX; por isso não é difícil encontrar várias casas de veraneio que são autênticos palacetes, que fazem as delícias de quem gosta de tipo de arquitetura.

A Casa Lancastre, junto à Praia da Conceição, a Casa de Santa Maria, a Casa Trindade Baptista, a Casa Luís Augusto Perestrelo de Vasconcelos, a Casa D. Nuno e a Casa Seixas são aquelas que merecem uma visita “obrigatória” para quem passa por Cascais.

Relativamente a outros pontos interessantes, temos a destacar o Maregrafo de Cascais, o Teatro Municipal Mirita Casimiro, a Estação Ferroviária de Cascais, estação terminal da Linha Urbana de Cascais, e o Mercado da Vila.

Situado precisamente no cento da vila, “mais cosmopolita e adequado às exigências do consumidor do século XXI, o Mercado da Vila tem hoje uma nova centralidade”, informa a autarquia.

“Criado em 1952, o Mercado da Vila é hoje um espaço de atração para múltiplas atividades que ali decorrem 364 dias por ano (só fecha no dia de Natal) entre as 06h30 e as 02h00” (embora nesta altura de pandemia, o horário possa sofrer alterações), refere também a Câmara Municipal.

Entre as várias razões para visitar o Mercado, temos a destacar o parque de estacionamento, que tem capacidade para 300 veículos e as várias bancas e empresas, fruto de um investimento municipal de 2,5 milhões de euros a que se juntou o investimento privado, na ordem dos 1,2 milhões de euros.

Em relação às bancas e às lojas, importa referir e destacar as 67 bancas de produtos hortícolas e flores, o talho, a peixaria e a Casa Peixoto Cascais (propriedade do casal Peixoto, o Sr. Manuel e a D. Isabel).

O Bacalhais, o Lugar dos Frutos Secos, o Sushi Del Mar, e o Marisco na Praça, entre muitos outros, também merecem um lugar de destaque no nosso roteiro.

Para quem não gosta de ver monumentos e quer mais dedicar-se à prática desportiva, também não fica mal servido em Cascais, pois toda a costa oferece a possibilidade de se praticar Vela, Windsurf, Kitesurf, Surf, Bodyboard e Canoagem.

Para quem gosta mais de manter os pés em terra, a vila oferece a oportunidade de fazer Mini-golfe, Futebol, Voleibol, Ginástica e desportos de Combate.

Para quem prefere andar sobre rodas e não só, em Cascais pode praticar Skate, Patinagem Artística, Ciclismo, Hipismo e Escalada.

Os clubes mais representativos são o Cascais Water Polo Club, o Grupo Dramático e Sportivo de Cascais, o Grupo Desportivo Estoril-Praia, o Grupo Desportivo e Recreativo das Fontainhas, o Clube Naval de Cascais e a Associação Torre.

Como podemos ver pela enorme lista de pontos interessantes que apresentamos Cascais é um Mundo e, sem dúvida, que um só dia não dará para desfrutar da oferta cultural e de lazer que encontramos na localidade capital do concelho.