Menção honrosa entregue ao projeto Linhó Circular no Digital Business Congress

4
Estabelecimento Prisional do Linhó

O projeto desenvolvido no Estabelecimento Prisional do Linhó, em parceria com a Câmara Municipal de Cascais, que promete mudar a vida nas prisões, foi distinguido pela Associação Portuguesa Para o Desenvolvimento das Comunicações.

O projeto, desenvolvido pelos alunos reclusos de um Estabelecimento Prisional com uma população extremamente jovem (entre os 20 e os 30 anos) e uma taxa de reincidência muito elevada, valoriza em 90% os terrenos que circundam o EP do Linhó, permite que os produtos agrícolas ali produzidos possam ser inseridos nas refeições dos reclusos.

A iniciativa promove ainda a empregabilidade qualificada e o sucesso da reinserção através de uma formação certificada na área da agricultura sustentável, mantém os espaços verdes, promove energias renováveis, aumenta o nível de eficiência energética, através da colocação de painéis fotovoltaicos e mini turbinas eólicas e aproveita os resíduos orgânicos para a produção de fertilizantes a utilizar nos terrenos agrícolas.

Menção honrosa entregue ao projeto Linhó Circular no Digital Business Congress

Outra das novidades deste projeto, que partiu de um grupo de alunos reclusos, no âmbito de um programa de participação ativa, designado “Projeto Nós Propomos! Cidadania e Inovação na Educação Geográfica”, permitindo que Estabelecimentos Prisionais ecologicamente geridos e sustentáveis, os reclusos possam intervir diretamente tanto na fase de planeamento como nas fases de execução.