Conferência Clima na AML apresentada em São Pedro do Estoril

9
Miguel Pinto Luz, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Cascais

A Área Metropolitana de Lisboa (AML) está a instalar estações meteorológicas nos municípios do seu território através do projeto CLIMA.AML: Rede de Monitorização e Alerta Meteorológico Metropolitano, que pretende monitorizar a forma como as alterações climáticas estão a impactar as comunidades locais.

Criar uma solução integrada que permita a monitorização meteorológica em contexto urbano, em cada um dos municípios da Área Metropolitana de Lisboa (AML).

O projeto “CLIMA AML – Rede de Monitorização e de Alerta Meteorológico Metropolitano”  tem como percursor e inspiração o projeto ‘METEO CASCAIS’ e foi apresentado no Centro de Interpretação Ambiental da Pedra do Sal (CIAPS), em São Pedro do Estoril, com a presença da Presidente do Conselho Metropolitano da Área Metropolitana de Lisboa, Carla Tavares, Embaixadora da Noruega em Portugal, Tove Bruvik Westberg e Miguel Pinto Luz, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Cascais.

Através de uma plataforma online que reúne e compatibiliza todos os dados e informações essenciais para suporte à monitorização e avaliação dos dados meteorológicos, esta rede permitirá conhecer os padrões associados às alterações climáticas e os impactes nas comunidades locais, funcionando em complementaridade com a rede do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

“É o início de uma rede que vai facultar informação das medidas exatas do que está a acontecer no nosso clima e na nossa atmosfera para combater as alterações climáticas”, destacou na ocasião, Miguel Pinto Luz, Vice-Presidente da Câmara de Cascais.

A estação meteorológica alocada ao município de Cascais está instalada, desde o dia 22 de novembro de 2021, no Centro de Interpretação Ambiental da Pedra do Sal (CIAPS), em São Pedro do Estoril.