Confraria da Cerveja promove benefícios da cerveja

37
Realizou-se em Cascais, esta quinta-feira, a XVIII Entronização da Confraria da Cerveja que reúne, em Portugal, os apaixonados por uma das bebidas mais antigas da história.
Durante a cerimónia, o presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, foi entronizado como Confrade de Honra, assim como outras personalidades nacionais e locais, como o presidente do Turismo de Cascais, Bernardo Corrêa de Barros.

O evento que já se realiza há 18 anos tem como objetivo celebrar a cultura e tradição associadas à cerveja, assim como a sua importância socioeconómica no nosso país.

A Confraria reúne já quase 700 membros que ao serem entronados juram dedicar a sua vida a promover e divulgar os benefícios da bebida alcoólica mais consumida no mundo e a terceira, depois da água e do chá. E Portugal não é exceção, com cada português a consumir, em média, 48 litros desta bebida dourada, segundo dados, de 2021, da Associação Cervejeiros de Portugal.

Não é, assim, de admirar que exista, desde 2003, uma Confraria da Cerveja, que tem como missão promover, divulgar e celebrar o setor da cerveja em Portugal. Sempre com a tónica num consumo moderado e responsável e dentro de um estilo de vida saudável, “já foi provado pela ciência que o consumo de 330 ml de cerveja por dia traz benefícios à saúde”, refere o Grão Mestre Rui Lopes Ferreira.

O setor da cerveja, sobretudo, da cerveja artesanal tem crescido muito no nosso país e só em Cascais surgiram no mercado seis novas marcas de cerveja com origem no concelho.

Por isso o Grão Mestre afirmou que Cascais foi uma escolha óbvia para realizar mais uma edição desta cerimónia: “Porque Cascais é uma vila muito bonita” e que apesar de ter muita história como a cerveja, “partilha com esta bebida valores como a inovação e o cosmopolitismo”.