Pedro Oliveira eleito Diretor da Nova SBE para o quadriénio 2023-2026

30

Pedro Oliveira, pofessor Catedrático na Nova SBE, onde detém a Cátedra da Fundação Calouste Gulbenkian para a Economia de Impacto e também fundador da iniciativa Patient Innovation, é o Diretor-eleito da Nova School of Business & Economics (Nova SBE), sucedendo ao Professor Daniel Traça, que liderou a escola nos últimos oito anos.

O mandato de Pedro Oliveira, cuja tomada de posse oficial terá lugar no primeiro trimestre de 2023, terá a duração de 4 anos, terminando em dezembro de 2026.

A eleição de Pedro Oliveira pelo Conselho de Faculdade, por unanimidade dos votos expressos, como próximo Diretor da Nova SBE, decorreu no dia 2 de novembro de 2022.

Os próximos meses serão de trabalho com as equipas da Nova SBE para a criação conjunta de um ambicioso plano estratégico para 2023-2026, garantindo a continuidade do caminho de afirmação internacional da escola como uma business school líder mundialmente. O tempo de trabalho até à tomada de posse oficial será essencial para garantir o início de uma nova Direção e sua equipa de gestão sólida com a velocidade que a Nova SBE já tem e quer manter.

Pedro Oliveira, que trabalha e reside com a família em Copenhaga, está já a preparar o regresso a Portugal para assumir as funções de Diretor da Nova SBE. É doutorado em Gestão de Operações, Tecnologia e Inovação pela Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill e obteve o seu Mestrado em Investigação Operacional e Engenharia de Sistemas, bem como a Licenciatura em Engenharia Naval pelo Instituto Superior Técnico.

Merecem ainda destaque os programas de formação avançada em que participou na Harvard Business School, na Kellogg School of Management, na MIT Sloan School of Management, na Norwegian University of Science and Technology e na KTH Royal Institute of Technology in Stockholm.

É autor de dezenas de artigos e publicações científicas nas áreas de open and user innovation, patient innovation, operations and technology management, publicadas nas melhores revistas científicas das respetivas áreas.