Dicas para se refrescar em casa nos dias de calor

16
José Luis García Camiñas, Diretor Executivo de Produto da Liberty Seguros na Europa

O verão chegou e com ele as vagas de calor que já afetaram alguns países da Europa. Numa altura em que o teletrabalho faz parte da vida de grande parte dos portugueses e em que alguns aproveitam já os períodos de férias, o calor dentro de casa pode tornar-se muito desconfortável.

O custo da instalação de um sistema para controlar a temperatura e fazer face a este problema é um impedimento para 56% das pessoas inquiridas para o Consumer Spotlight.

O estudo “Refrescar a casa” desenvolvido pela Liberty Mutual com a Kantar e a Red C para a Liberty na Europa (Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte) em maio e junho de 2023, mostra ainda que 31% apontam a impossibilidade de instalar estas medidas uma vez que se trata de uma casa arrendada. Dos 502 portugueses inquiridos, apenas 17% afirmam não precisar de medidas de refrigeração da sua casa.

“A geografia, o tipo de construção ou a exposição solar, entre outros fatores, variam de casa para casa e impactam o conforto e o dia a dia das pessoas. É importante estarmos atentos às condições em que a população vive e encontrarmos soluções ajustadas a cada uma das situações” explica José Luis García Camiñas, Diretor Executivo de Produto da Liberty Seguros na Europa, em nota enviada ao NOTÍCIAS DE CASCAIS. “Trabalhamos diariamente para garantir uma oferta que responda às necessidades das famílias e temos como foco o seu bem-estar e felicidade”.

Cinco dicas simples para refrescar a casa:

  1. Feche as janelas, cortinas e persianas durante o dia

    O sol é o melhor aquecimento natural e as casas absorvem todos os raios solares que entram pela janela, por isso, fechar as cortinas e persianas é um dos truques mais simples para deixar a casa fresca durante mais tempo. É ainda importante que feche todas as janelas, uma vez que, mesmo com corrente de ar, este será quente e irá espalhar-se pela casa.
    Estas medidas devem ser adotadas seja qual for o material das janelas, cortinas e persianas. Ao questionário da Liberty, 41% afirmaram não dispor de cortinas e persianas opacas. 30% não têm janelas e portas bem isoladas. Nestes casos, opte por tapar com toalhas qualquer brecha através do qual poderá entrar ar quente.
    Por outro lado, durante a noite (caso os termómetros estejam mais baixos), opte por abrir todas as janelas e deixe o ar entrar e circular por todas as divisões da casa.

  1. Desligue luzes e eletrodomésticos

Todos os dispositivos ligados à eletricidade são fontes de calor. Se não estiver a utilizar, evite que qualquer luz ou eletrodoméstico esteja ligado. Desta forma, para além de evitar que a sua casa aqueça de forma desnecessária, poupa na conta da eletricidade.
Esta é também uma forma de promover o uso consciente de energia, uma vez que 14% da população inquirida ainda utiliza energia proveniente de fontes renováveis.  35% dos portugueses confessam não saber qual a fonte de energia, enquanto 38% já utilizam rede elétrica de fontes parcialmente renováveis e 13% de totalmente renováveis.
Na hora de escolher o fornecedor de energia, as questões ambientais ainda não parecem ser essenciais para os consumidores, já que 51% explicam que preferiria que a energia proviesse de fontes renováveis, mas não afeta a escolha de fornecedor e 9% dizem mesmo que não é importante qual a fonte de energia. 

  1. Feche as portas das assoalhadas que não estiverem a ser utilizadas

Quando estiver em casa durante o dia, opte por fechar a porta das divisões de que não precisa para evitar que o ar fresco se espalhe pela casa. No entanto, se tiver algumas divisões que não recebem luz solar direta, avalie se faz sentido que a porta fique aberta e que a temperatura nessas divisões ajude a refrescar a casa. Se estiver na cozinha, evite utilizar o forno, uma vez que este liberta muito calor.

  1. A escolha do guarda-roupa também é importante em casa

Vista roupas leves e largas e de materiais respiráveis, que contribuam para que se mantenha fresco. Os pés também devem estar o mais frescos possível e para isso andar descalço poderá ser a melhor opção. Se preferir, calce chinelos arejados. Tenha sempre água à mão e coma refeições leves e frescas, como saladas ou frutas. Tomar um banho frio alivia a sensação de calor e é um ótimo truque antes de se deitar ou para começar o dia. Durante o dia, os borrifadores podem ser os seus melhores amigos: encha-os com água fresca e aplique na pele. Evite o álcool e comidas quentes.

  1. Encontre a melhor opção no mercado

Apesar de ser uma preferência com maior peso na carteira e no futuro do ambiente, pode encontrar dispositivos que o ajudam na refrigeração da casa. À Liberty, 63% afirmaram não dispor de ar condicionado em casa e 89% não têm ventiladores de teto. A percentagem aumenta quando falamos de refrigeração aerotérmica ou por piso radiante, uma vez que são mais de 90% as pessoas sem nenhuma destas soluções em casa.