1.º encontro de saúde oral em Cascais

22

Qualidade de vida, autoestima, inclusão e oportunidades são quatro pilares essenciais que podem ter um impacto significativo na vida das pessoas através da saúde oral.

Assim, a Mundo a Sorrir, em parceria com a Câmara Municipal de Cascais, organizou ontem, 20 de março, no Centro Cultural de Cascais, o 1.º Encontro de Saúde Oral, como parte do Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral, com o objetivo de sensibilizar para a importância dessa temática ao longo da vida.

O evento, inserido no Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral, foi realizado no Dia Mundial da Saúde Oral.

“Cascais adota uma abordagem mais ampla e inclusiva e atua nesse sentido no campo da saúde como um impulsionador ativo da promoção da dignidade”, afirmou Carla Semedo, vereadora na Câmara Municipal de Cascais, presente no evento, referindo-se à saúde oral como promotora de dignidade na vida dos munícipes.

Com mais de quinhentos beneficiários até fevereiro deste ano, a Mundo a Sorrir desempenha um papel crucial na promoção da qualidade de vida dos cidadãos do concelho. Durante o evento, foi apresentado o projeto C.A.S.O. (Centro de Apoio à Saúde Oral de Cascais), que consiste em clínicas dentárias complementares ao Serviço Nacional de Saúde, utilizando a saúde oral como meio de inclusão. Existem quatro clínicas espalhadas pelo país, incluindo uma em Cascais, apoiada pela autarquia, que oferece à população mais vulnerável melhores condições de vida. “Muitas vezes não pensamos nisso, mas, até para conseguir emprego, é necessário ter dentes, pois numa entrevista, dificilmente alguém é aceite tendo falta de dentes”, afirmou Bárbara Troca, assessora da direção da Mundo A Sorrir.

Este evento visa promover direitos e inclusão para os habitantes do concelho de Cascais e alertar para a grande dimensão de um problema que pode parecer simples, mas tem a capacidade de alterar toda uma vida.